Artigos e Notícias

Respirar … mais que um simples mecanismo do corpo, é uma ação. Por Letícia Ferreira


Responda rápido, qual é o primeiro ato de um recém nascido? E o último ao morrer? A resposta é única para ambas as perguntas: Respirar. Parece muito estranho, mas respirar é muito mais que um ato mecânico de nosso corpo, respirar é qualidade de boa saúde.
Estudos apontam que por dia respiramos cerca de 20 mil vezes e ao inspirar levamos oxigênios para as nossas células que produzem energia, que é necessária para todo um ciclo de atividade de nosso organismo.

Uma boa respiração melhora a funcionalidade de rins, fígado, pulmão, intestino, pele, e claro, o coração. Estimula também o cérebro exercer suas funções de forma mais eficiente e produtiva par ao ser humano.

Mas você sabe respirar corretamente?

O volume de oxigênio absorvido pelo corpo tem uma estreita ligação com o estado emocional e comportamental de cada indivíduo. Por exemplo: ao se encontrar em uma situação de estresse a pessoa inspirar menos e expirar mais, a respiração fica “curta” e o que pode gerar tonturas, enjoos e falta de ar e ocasionando uma sensação de desconforto total tanto da mente como do corpo da pessoa.

A Trainer em Programação Neurolinguística do Instituto Vencer de Desenvolvimento Humano Eliane Santos, que tem formação em Renascimento alerta para as consequências de uma respiração incorreta. “Desde que nascemos sofremos pelo estresse externo, e a pressão causada por ele faz com que respiremos de forma incorreta. Com o tempo essa respiração que aconteceria somente em momentos de estresse vira o padrão de respiração e com isso todos os males de uma respiração incorreta.”

E é por essa razão que uma respiração correta é importante, além de proporcionar inúmeros benefícios influencia em nossas funções vitais, metabólicas e emocionais. “Voltar e tomar consciência de nossa respiração e praticar exercícios específicos e fazer da respiração correta um novo habito”, destaca Eliane
Santos.

Uma dica simples sobre como saber respirar corretamente é observar um bebê. Quando o ar entra sua barriguinha cresce se enchendo desse ar e quando ele solta a barriguinha murcha e tudo em um só ritmo de vai e vem. Experimente também observar o modo de uma respiração e em seguida inspirar o ar e entrando nos pulmões, sentindo o ar passando pela sua garganta e preenchendo todo sua barriga, faça isso lentamente e em seguida expire esse ar sentindo ele fazer o caminho contrário.

Respirar é viver e se feito isso corretamente encontraremos longevidade e um vida saudável e com muita disposição.


Por Letícia Ferreira
Jornalista Practitioner em PNL 



Compartilhe esse artigo:
© 2008 Instituto Vencer de Desenvolvimento Humano.
Todos os Direitos Reservados
Av. Mal. Floriano Peixoto 16, cj. 208 - Gonzaga - Santos/SP - (13) 3219-7766