PNL um Estilo de Vida! por: Daniel Lencioni


O primeiro contato com a expressão Programação Neurolinguística gera certo desconforto para muitas pessoas, pode ser medo, receio, curiosidade, convenhamos, é uma expressão forte, de poder, bonita de ser dita, e não é que a PNL realmente é isso tudo.


Tive o primeiro contato com a PNL em setembro de 2008, em um Treinamento de Auto Impacto Emocional ministrado pelo Instituto Vencer, foi um curso maravilhoso com uma equipe fantástica. O conteúdo do curso, o amor, carinho, entusiasmo, emoção, dedicação, amizade e principalmente o conhecimento e domínio de tudo aquilo que eles estavam dizendo e fazendo fez com que eu me interessasse em conhecer um pouco mais sobre tudo que tinha acabado de vivenciar e aprender em apenas 3 dias.

É muito engraçado quando as pessoas saem desse curso e querem que alguém da família faça, ou algum amigo. Marido sempre quer levar a esposa e vice versa e todos dizem a mesma coisa: “Eu mudei, eu juro, hoje sou outra pessoa” e a resposta é sempre a mesma: “Você acha que 3 dias em um hotel mudaram a sua vida?”

Eu não digo que o curso mude a vida de alguém, e realmente, 3 dias não mudam a vida de ninguém, mas que serve de impulso para um novo começo, isso eu não tenho dúvidas. Existe algo melhor na vida do que você se tornar um Ser Humano digno de seus sentimentos e se conhecer por inteiro, se conhecer afundo, superar seu ódio, entender aquela magoa que esta guardada dentro de você a anos, deixar de lado aquela angústia? E porque não apagar isso tudo e perdoar, agir como um Humano e melhor ainda poder entender outro Ser Humano? Nós somos o maior milagre da natureza, somos perfeitos, pense no seu esqueleto, tudo se encaixa perfeitamente, em cada órgão, um bombeia aqui, outro filtra ali, cada veia que passa pelo seu corpo todo, existe alguma máquina tão perfeita como nós, os Seres Humanos?

Hoje em dia as habilidades comportamentais estão sendo mais valorizadas do que as habilidades técnicas, isso porque temos que saber como lidar com pessoas, cada vez mais estamos nos envolvendo e trabalhando com gente.

Em junho de 2009,tornei-me Practitioner em PNL, então chegou a vez dos aprendizados, das técnicas usadas, da história da PNL, e com isso surgiram metas, objetivos, força de vontade, atitude. No final do curso, na última dinâmica, o Circulo da Excelência, que serve para realinhar tudo que você aprendeu no decorrer dos módulos e ancorar tudo com seus níveis neurológicos, eu já tinha certeza que a PNL estava se tornando um estilo de vida e eu me tornando um Tanque de Guerra.

Ser um Practitioner não é apenas você ter mais um curso no seu currículo, mas como o próprio nome diz: Praticante de PNL, ou seja, ela começa a fazer parte da sua vida e às vezes você nem percebe que esta utilizando as técnicas e aprendizados, claro que temos que nos moderar, ter respeito e ética para não se tornar o famoso “chatitioner”, lembrando que tudo que é em excesso não faz muito bem.

Parece que tudo ficou tão mais fácil de entender e de se comunicar, cada minuto um aprendizado, cada hora uma matéria, cada dia uma lição e cada curso a vontade ir mais e mais, eu vejo a PNL com um livro de suspense que quanto mais você lê, mais você não quer parar ate que descubra tudo que esta por trás.

Cada matéria ou dinâmica que temos contato, tem um aprendizado tão forte que você acaba usando tudo sempre que precisa como, por exemplo, as Pressuposições Básicas e Sistemas Representacionais, ótimos para serem usados no dia a dia. TOTS, Calibragem, Rapport, Ancora, Submodalidade e Metamodelos, todos tem uma eficiência enorme, basta saber usar. E ainda tem muito mais, as dinâmicas de auto-impacto como Fobias, Missão de Vida, Linha do Tempo, Resignificação, Acordo Condicional, todas elas sendo bem feitas, tem resultados imediatos, e isso que é a PNL, resultados rápidos.

Por conta de uma das matérias que aprendi no curso, hoje estou fora do Brasil a 7 meses, estudando inglês e PNL, conhecendo culturas e pessoas de diversas partes do mundo, aprendendo com o desconhecido, ensinando o que sei. O nome da matéria por coincidência é Estratégia Disney, que basicamente é composta por 3 partes: Sonhador, Realizador e Questionador, hoje estou vivendo em cima da minha estratégia e com certeza em alguns anos estarei colhendo tudo isso que estou plantando, com toda minha vontade e fé!


 

Daniel Lencioni
Graduado em Gestão Empresarial, Pós Graduado em Gestão de Pessoas, Practitioner em Programação Neurolinguística,
Aperfeiçoamento em Desenvolvimentos Humano e Liderança com PNL.
Acessem meu Blog: Pedale a sua Mente - http://daniellencioni.wordpress.com


Compartilhe esse artigo:
© 2008 Instituto Vencer de Desenvolvimento Humano.
Todos os Direitos Reservados
Av. Mal. Floriano Peixoto 16, cj. 208 - Gonzaga - Santos/SP - (13) 3219-7766